erros que zeram a prova da 2ª fase da oab

5 erros que zeram a prova da 2ª fase da OAB

/ 1 Comentário / 4648 Visualizações /

5 erros que zeram a prova da 2ª fase da OAB
4 (80%) 2 votes

Zerar a prova é um dos maiores medos dos candidatos que prestam o Exame de Ordem da OAB. Esse medo fica ainda maior quando a prova em questão é a última etapa entre o bacharel e a aprovação. Por isso, nada melhor do que chegar no dia do Exame sabendo, pelo menos, exatamente o que NÃO fazer.

Selecionamos os cinco erros passíveis de zerar a prova da 2ª fase do Exame de Ordem, com base em itens descritos nos últimos editais.

 

1. Letra ilegível, questão em branco e cor da caneta

edital-destaque1

O item 3.5.5. do edital de abertura do XXII Exame de Ordem, deixa bem claro que a prova será zerada em casos de questões em branco, letra ilegível ou qualquer outro descumprimento das especificações do item 3.5.4., que abrange também a cor da caneta utilizada para resolução da prova.

Simplificando… Receberão nota zero os candidatos que deixarem a questão em branco, escreverem com letra ilegível ou utilizarem caneta de cor diferente de azul ou preta.


2. Não indicar os itens nos enunciados das questões

edital-destaque2

Além da peça profissional, a prova também é composta por quatro questões dissertativas. Cada questão apresenta subitens que devem ser indicados no momento da resposta.

questao-destaque

Os subitens da resposta devem ser respondidos, obrigatoriamente, de forma separada. Misturou as duas respostas ou não indicou qual está respondendo? Zero!


3. Não respeitar a ordem de transcrição das respostas

edital-destaque3

Muitos candidatos acabam sendo reprovados aqui, por simples falta de conhecimento e atenção. A regra é clara simples: siga a ordem das questões do caderno de provas. No espaço reservado para a resposta da questão 1, responda a questão 1, e assim por diante. Lembre-se também de não responder nenhuma questão nas páginas destinadas à redação da peça!


4. Assinatura de peça

edital-destaque4

Em NENHUMA hipótese assine a peça utilizando um nome, mesmo que não seja o seu. Finalize a peça com o local, a data e assine APENAS com a palavra: Advogado. 


 5. Não identificar corretamente a peça ou deixar em branco

edital-destaque5

Identificou a peça de forma diferente do padrão de resposta fixado pela OAB? Zero! A identificação é o primeiro passo para toda a fundamentação da peça profissional. Ou seja, errou aí, já era. Então, muita calma e ATENÇÃO nessa hora!

Identificou a peça, mas não desenvolveu raciocínio jurídico condizente? Zero! Não adianta apenas o dispositivo legal ou a jurisprudência, é preciso fundamentar seus argumentos.

E aí, prontos? Todos tranquilos? Parece assustador, mas na verdade é só ter muita atenção na hora de solucionar a prova e fica mais fácil quando você sabe exatamente o que não fazer.

Leia também:
2ª fase OAB: como montar o esqueleto da peça?
Últimas peças práticas cobradas na 2ª fase do Exame de Ordem

Boa prova e acredite na sua aprovação!

 

 

1 Comentário

  1. se acertou o nome da peça e não fundamentou, zera?

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *