5 hábitos diários para escrever melhor

/ 0 Comentários / 693 Visualizações /

Avalie esse post

Escrever um texto argumentativo de forma clara e objetiva, sem erros gramaticais, pode ser um grande desafio para algumas pessoas. Em um universo onde o uso diário da internet como via rápida de informação, resulta em mensagens curtas e mal construídas, exercitar a escrita é fundamental.

 

A influência da comunicação oral e a falta de familiaridade com a escrita também influenciam, de forma negativa, na hora de desenvolver um texto. Erros de concordância, sintaxe, pontuação e redundâncias, por exemplo, são extremamente comuns.

 

Considerando que, para ser aprovado na 2ª fase da OAB, o candidato precisa compor uma peça profissional e responder a quatro perguntas dissertativas, conheça agora cinco hábitos para melhorar a sua redação:

 

 

1. Adote um livro de cabeceira

Todo mundo sabe que, para escrever bem, é preciso ler muito. Portanto, escolha um livro de seu interesse e crie o hábito de ler, mesmo que algumas páginas, todos os dias. Se você gosta de analogias, metáforas e quer expandir o seu vocabulário, uma boa indicação são as obras de ficção.

 

2. Use qualquer pretexto para escrever

Sempre que possível, escreva. E-mails, recados, bilhetes, listas, cartas e, considere a possibilidade de alimentar um blog com textos mais autorais. O importante é usar todas as oportunidades possíveis para treinar a escrita.


3. Revise seus textos (e peça feedback)

Com o intuito de aperfeiçoar a sua redação, é importante investir alguns segundos para reler o que você escreveu. Falta alguma informação? A mensagem está realmente clara? A revisão auxilia na identificação de possíveis erros e na construção da estrutura do texto. Coloque-se no lugar do leitor e peça a opinião de colegas, familiares e amigos.

 

4. Desabilite o corretor ortográfico

Ficar dependente do corretor ortográfico não é uma boa ideia, principalmente na hora da prova. Esse tipo de ferramenta não consegue captar exatamente nossas ideias ou o estilo de escrita, o que acaba causando confusão e insegurança. Para ganhar confiança e independência, a dica é substituir a ferramenta por um dicionário, atualizado pelo novo acordo ortográfico, e uma gramática confiável.

 

5. nvestigue o que você (ainda) não sabe

Sempre que se deparar com uma dúvida sobre a escrita de uma palavra, ou o uso de determinada expressão, pesquise! Não mude a frase apenas para fugir do problema. Consulte dicionários, gramáticas e até mesmo a internet para sanar a dúvida e aprender de uma vez por todas.

 

 

Apesar da 1ª fase do Exame de Ordem ser composta somente por questões objetivas, de múltipla escolha, muita gente acaba reprovando na 2ª fase justamente por conta da dificuldade em escrever. Com essas dicas e os cursos preparatórios do IOB Concursos, com correção de peças, você fica cada vez mais perto da sua carteirinha da OAB.

 

 

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *