estudar para a prova da oab

7 Erros que você não deve cometer ao estudar para a prova da OAB

/ 0 Comentários / 1190 Visualizações /

Avalie esse post

Estudar sozinho para a prova da OAB é a realidade de muitos estudantes que precisam conciliar sua preparação com outras atividades. Além disso, estudar em casa é prático e mais econômico.

 

Por outro lado, o estudante deve ter cuidado para garantir que suas horas de estudos sejam produtivas e eficientes. Para te ajudar, vamos fazer uma lista sobre o que não fazer ao estudar para a prova da OAB:

 

 

1 – Não ter uma rotina de estudos

Estudar deve ser um hábito rotineiro. Ou seja, de nada adiantará se você estudar somente em alguns dias da semana ou quando “sobrou um tempo livre para estudar”.

 

Quanto mais você separa uma hora do dia para se dedicar aos estudos, mais irá se acostumar com os estudos. Claro, no início, é necessário uma certa disciplina para manter o mesmo ritmo todos os dias. Mas, com o tempo, você estará tão habituado que nem precisará se esforçar para cair nos livros.

 

 

2 – Não ter o material adequado

O seu material de estudo deve ser certificado por um professor competente. Existem muitos materiais gratuitos na internet, mas a maioria não são feitos por especialistas, além de correr o risco de estarem incompletos e desatualizados.

Seja qual for seu material de estudos para o Exame da OAB, seja apostila ou videoulas online, sempre certifique-se de estar estudando com o material correto.

 

 

3 – Começar a estudar somente depois da publicação do Edital

A OAB publica todos os anos o Calendário de Exames da OAB, por isso, você não precisa aguardar a publicação do edital para começar a estudar. O problema é que o documento costuma sair poucas semanas antes da primeira prova.

Por isso, não importa para qual exame você irá se preparar, seus estudos podem começar agora mesmo!

 

 

 

4 – Distribuir as matérias

Muitos estudantes se perdem com a quantidade de disciplinas a serem estudadas na 1ª fase da prova da OAB. Por isso, você deve montar um calendário de estudos e distribuir todas as disciplinas de forme equilibrada.
Sabemos que algumas disciplinas são mais cobradas que outras, mas nunca deixe de estudar uma disciplina, pois, ela pode ser decisiva para a sua aprovação.

 

Também não é aconselhável estudar somente as disciplinas que você tem dificuldade, já que pode se estressar facilmente e desistir dos estudos.

 

 

 

5 – Não fazer simulados

Fazer as provas anteriores da OAB é uma boa maneira de estudar e colocar em prática seus conhecimentos. Realize simulados na mesmas condições em que faria a prova. Ou seja, com tempo limitado e sentado em uma cadeira.

 

Dessa forma, você também poderá conhecer como é estilo de provas que a FGV costuma aplicar. Conhecendo o estilo de perguntas da banca, você estará mais preparado para a prova real.

 

 

 

6 – Não descansar

Nem sempre quantidade significa qualidade. Em alguns momentos você deve optar pelo descanso. Se você se sobrecarregar demais estudando sem parar, logo se sentirá cansado e começará a sentir os sintomas do estresse.

 

É melhor estudar pouco, mas com foco, do que passar por horas e horas debruçado sobre os livros sem absorver o conteúdo.

 

 

 

7 – Não ter paciência

Alguns candidatos ficam tão ansiosos pela aprovação que acabam atropelando os estudos, além de se sentirem frustrados caso seja reprovados nas primeiras tentativas.

 

Tenha consciência que se você estudar da forma correta a aprovação é uma questão de tempo, não importa quantas provas você precise prestar. Claro, precisamos ter objetivos e metas, pois elas ajudam no nosso foco e concentração, mas não seja ansioso de querer tudo para ontem. Equilíbrio sempre!

Deixe seu Comentário