filmes series sobre direito

Confira essa lista de séries e filmes que todo advogado deve assistir

/ 0 Comentários / 384 Visualizações /

Confira essa lista de séries e filmes que todo advogado deve assistir
5 (100%) 1 vote

Se você é estudante de direito ou advogado e adora passar o tempo livre assistindo séries e filmes, que tal unir o útil ao agradável?

A área do Direito é muito explorada pela indústria do entretenimento e há uma variedade de séries e filmes que abordam temas jurídicos. Nesta postagem, reunimos as principais produções que também estão disponíveis no serviço de streaming online “Netflix”. Confira:

 

1 – “O segredo dos seus olhos” (2009)

o segredo de seus olhos

De acordo com a crítica especializada, “O Segredo dos Seus Olhos”, dirigido pelo argentino Juan José Campanella, é uma das mais sofisticadas e surpreendentes produções da história recente do cinema.

Na trama, Benjamín Esposito (Ricardo Darín) investiga o culpado por um crime brutal de estupro seguido de assassinato de uma mulher. Durante o processo, ele conhece o marido da vítima e lhe promete justiça. Porém, durante o processo, ele enfrenta um sistema penal burocrático, engessado e com fortes rastros de autoritarismo.

 

Confira 10 livros de Direito que todo estudante deve ler

 

2 – “O lobo de Wall Street” (2013)

o lobo de wall street

A história acompanha Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio), jovem ambicioso que sonha em conquistar riquezas com a Bolsa de Valores de Wall Street. Quando finalmente consegue ser contratado como corretor da empresa, acontece o Black Monday, que faz com que as bolsas de vários países caiam repentinamente. Sem emprego e bastante ambicioso, ele acaba trabalhando para uma empresa de fundo de quintal que lida com papéis de baixo valor, que não estão na bolsa de valores.

O tema do filme é pertinente para aqueles que querem entender sobre controles internos e regulamentação jurídica dos crimes contra o sistema financeiro que acontecem durante o filme.

 

3 – “How to get away with murder” (2014 – presente)

How to get away with murder

A série que já tem a quarta temporada confirmada pela emissora ABC é uma das mais bem sucedidas do segmento. Michaela, Wes, Laurel e Patrick são ambiciosos calouros de Direito da prestigiada academia East Coast Law School, onde apenas os melhores alunos podem participar de casos reais. Eles competem entre si para conseguir a atenção da Professora Annalise DeWitt (Viola Davis), na aula de Direito Criminal 1.

 

4 – “Suits” (2011 – presente)

suits serie

Mike Ross (Patrick J. Adams) é um garoto que abandonou a faculdade de direito mas, brilhante como é, consegue uma entrevista com o respeitado Harvey Specter (Gabriel Macht), um dos melhores advogados de Manhattan.

Esse é só o gancho para o início da série que, ao longo das temporadas, demonstra a rotina de um grande e renomado escritório de advocacia. Os episódios se baseiam nas resoluções de causas jurídicas e, entre a briga de egos e a disputa pelo poder entre os sócios, os personagens precisam lidar com um ritmo de trabalho intenso e a constante cobrança por excelência.

 

5 – “Billions” (2016 – presente)

billions serie

Ambientado no universo das altas finanças de Nova Iorque, a série conta a história da rivalidade entre o procurador de justiça, Chuck Rhodes (Paul Giamatti) e o brilhante investigador, Bobby “Axe” Axelrod (Damian Lewis). A trama é escrita e produzida por Brian Koppelman e David Levien (dos filmes Treze Homens e um Novo Segredo e Cartas na Mesa).

 

6 – “Oragne is the new black” (2013 – presente)

orange is the new black

Piper Chapman (Taylor Schilling) é uma mulher por volta de seus 30 anos, que troca sua luxuosa vida, após ser sentenciada a 15 meses de prisão por ter cometido crimes para sua ex-namorada, a traficante Alex (Laura Prepon). Mas esse é só o ponto de partida da série que, ao longo dos episódios, conta a história de várias detentas que estão cumprindo pena.

A série expõe nitidamente o sistema judiciário e penitenciário norte-americano, expondo problemas como diferenciação de tratamento entre as presidiárias pelos guardas, problemas internos dentro das prisões, e até críticas sobre a administração dos presídios.

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *