Dicas divertidas para expandir a sua memória

/ 0 Comentários / 521 Visualizações /

Avalie esse post

Os experts em eletrônicos conhecem bem como funciona a memória RAM dos aparelhos. A sigla é uma abreviação de Random Acess Memory, em tradução livre: Memória de Acesso Aleatória. Nosso cérebro armazena melhor as informações com base em padrões específicos, o que nos leva a adotar algumas estratégias da memória RAM para otimizar o armazenamento de conteúdos na mente humana.

 

Acro o que?

O nome pode ser estranho, mas você já deve conhecer essa técnica. Acrônimos são palavras nas quais cada letra simboliza a inicial de outra palavra e, por isso, facilitam a memorização. Por exemplo, “HOMES” é o acrônimo dos principais rios dos Estados Unidos (escritos em inglês): Huron, Ontario, Michigan, Erie, Superior. Para memorizar uma teoria, você pode selecionar as palavras chave e formar uma palavra a partir da letra inicial.

 

Acro quem?

No caso dos Acrósticos, a primeira letra de cada palavra compõe uma frase. Por exemplo: “Eliana Come Doces e Chocolates Malhando Intensamente” é uma frase que pode te ajudar a lembrar da matéria de Exigibilidade de Conduta Diversa e Coação Moral Irresistível, da disciplina de Direito Penal.

 

Ação!

Se você gosta de atuar e representar, use suas habilidades para encenar e gravar os conteúdos aprendidos. Assim, você coloca a teoria na prática e ainda se diverte. Dica: aposte em diálogos inteligentes ou debates com assuntos polêmicos do Direito, como racismo e injúria racial, por exemplo.

 

O rato roeu a roupa do Rei de Roma

Vai dizer que algum dia você esqueceu desse trava-língua rimado? Rimas bobas ajudam a memorizar algumas palavras chave do conteúdo e ainda exercitam a criatividade.

 

Novo CPC, Estatuto da OAB…

Ao organizar as informações em categorias amplas, fica mais fácil acessar as “pastas” na sua memória e lembrar de todo o conteúdo.

 

Um, dois, três… Gravando!

Aquela dica de explicar o que você estudou para fixar o aprendizado pode ser ainda mais útil agora. Fale em voz alta os conteúdos aprendidos e grave áudios. Esse processo facilita o entendimento das matérias e ainda pode servir como uma ótima ferramenta de revisão.

 

Mundo da imaginação

Criar imagens dos conteúdos estudados auxilia na associação e compreensão da disciplina. Aproveite para explorar todos os seus sentidos e imagine situações mais reais possíveis, porque quanto mais específico for, mais será fixado na sua memória.

 

 

Com informações de Universia

 

 

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *