Filmes que todo estudante de Direito deveria assistir

/ 1 Comentário / 4902 Visualizações /

Avalie esse post

A formação de um advogado não exige somente o domínio da técnica jurídica mas também, uma ampla formação cultural. Alguns filmes abordam temas como pena de morte e liberdade de expressão. Por isso, separamos algumas obras que podem provocar reflexões fundamentais para a sua carreira.

 

12 homens e uma sentença – Um jovem porto-riquenho é acusado ter assassinado o próprio pai. Quando ele vai a julgamento, doze jurados se reúnem para decidir a sentença, levando em consideração que o jovem deve ser considerado inocente até que se prove o contrário. Dos 12 jurados, onze têm certeza de que o réu é culpado, mas um jurado insiste em investigar mais sobre o caso. O filme demonstra a importância de valorizar a interpretação das leis e a habilidade de persuasão, típicas de um bom advogado.

 

Erin Brockovich – Uma mulher de talento – Erin trabalha em um pequeno escritório de advocacia como arquivista. Um dia descobre que a água de uma cidade no deserto está sendo contaminada e espalhando doenças entre seus habitantes. A partir disso, resolve convencer seu chefe a deixá-la investigar o caso. A partir de então, utilizando-se de todas as suas qualidades naturais, consegue convencer os moradores da cidade a colaboraram com ela na investigação, fazendo com que tenha em mãos um processo de milhões de dólares.Apesar de nunca ter estudado Direito, Erin mostra que o envolvimento pessoal e a convicção na busca pela verdade são essenciais para o sucesso na profissão.

 

Minority Report – No ano de 2054, um setor especial da polícia consegue prender criminosos antes que eles cometam seus crimes e um oficial da própria polícia é acusado de um delito que ainda vai cometer. Esse filme ajuda a entender que no Direito só é possível julgar fatos passados e deve se abster de especular sobre fatos futuros.

 

O advogado do diabo – Kevin Lomax, advogado que nunca perdeu um caso, é contratado por John Milton, dono da maior empresa de advocacia de Nova York. Kevin recebe um alto salário, apesar da desaprovação de sua mãe. Mas a esposa do advogado sente saudades de sua antiga casa e começa a ver aparições demoníacas. Entretanto, Kevin está empenhado em defender um cliente acusado de triplo assassinato e cada vez dá menos atenção à sua mulher, enquanto que seu misterioso chefe parece sempre saber como contornar cada problema e tudo que perturba o jovem advogado. O filme demonstra um princípio básico do Direito de que todos merecem uma defesa técnica, desde que haja ética por parte da defesa.

 

Um sonho de liberdade – Em 1946, Andy, um jovem e bem sucedido banqueiro, é condenado injustamente pelo homicídio de sua esposa e do amante dela. Ele é mandado para uma prisão que é o pesadelo de qualquer detento e passa a cumprir a pena perpétua. Andy conhece Warden, o corrupto e cruel agente penitenciário, que usa a Bíblia como arma de controle e ao Capitão Byron Hadley, que trata os internos como animais. O objetivo do filme é mostrar claramente a questão prisional para quem não tem ideia do que é uma prisão.

 

A firma – Mitch McDeere, um jovem advogado recebe uma proposta para trabalhar em uma firma em Memphis com a promessa de um ótimo salário. Mas percebe que o escritório está envolvido com lavagem de dinheiro de uma máfia e que todos os advogados que tentaram sair da empresa morreram de forma misteriosa. Esse filme promove uma reflexão sobre ética no Direito e a prática do sigilo na relação do advogado com seu cliente.

 

 

Com informações de Qual Concurso e Adoro Cinema

 

 

1 Comentário

  1. Muito bom seu site!!! Nesse post ta faltando “A vida de David Gale”!! perfeito filme de crítica sobre a pena de morte!!!!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *