10 erros candidatos OAB

Exame OAB: Os 10 maiores erros durante a preparação

/ 1 Comentário / 1822 Visualizações /

Exame OAB: Os 10 maiores erros durante a preparação
5 (100%) 3 votes

Imagine que você estudou por 5 anos e agora precisa condensar todo conteúdo aprendido para um exame que vai definir se você poderá ou não exercer a sua profissão. Imaginou?

Pois essa é a realidade de muitos recém-formados e pode ser a sua nesse momento.

Não ter uma estratégia bem definida para os seus estudos pode colocar o sonho de se tornar um(a) advogado(a) um pouco mais distante e fazer você perder um tempo valioso em um mercado altamente competitivo como o jurídico.

Para que você evite essa situação, numeramos os 10 principais erros cometidos pelos candidatos na preparação para o exame da OAB e algumas dicas essenciais para o seu sucesso.

1. Planejamento
2. Esperar o Edital para Estudar
3. Indisciplina
4. Procrastinação
5. Concentração
6. Gestão de Tempo
7. Auto sabotagem
8. Testar conhecimento
9. Controle emocional
10. Desistir

1. Planejamento

Planejamento de EstudosA alta taxa de reprovação da OAB não é por acaso. A maioria dos candidatos não se preparam como deveriam e, sendo um exame com o grau de dificuldade que conhecemos bem, não ter um planejamento de estudos é uma tragédia anunciada.

Para a conquista de todo grande objetivo, é necessário planejar: ter objetivos claros e bem definidos é o que te levará para o sucesso e, com a prova da OAB, não é diferente.

Coloque de forma visual a data começo e fim dos seus estudos, separe os períodos por matérias, dias para testar seus conhecimentos por provas anteriores/simulados, dias de descanso e converse com pessoas que estão passando pela mesma preparação para troca de informações.

Crie uma trilha até a conquista da sua carteirinha!.

 

2. Esperar o Edital para Estudar

Esperar Edital OAB para estudarO tempo entre a publicação do edital e a aplicação da prova é de apenas 2 meses.

Portanto, estudar em tão pouco tempo pode ser muito exaustivo e pode não ser o suficiente para aprender o conteúdo necessário.

Existem alguns cursos preparatórios intensivos focados exatamente em candidatos com pouco tempo para preparação, mas que exigirá muita dedicação e o tempo 100% focado nos estudos. Esse tipo de preparação pode não ser adequada para todos os perfis, sendo necessário uma auto avaliação para entender seu ritmo de aprendizagem. Ter mais tempo para estudar vai permitir planejar seus estudos e sua vida pessoal de forma saudável, sem que uma coisa prejudique a outra, sem estresse.

 

3. Indisciplina

Indisciplina nos estudosEstudar deve ser um hábito. Ou seja, de nada adiantará se você estudar somente em alguns dias da semana ou quando “sobrou um tempo livre para estudar”.

Quanto mais você seguir o seu planejamento e se dedicar aos estudos, maior será sua dedicação e sua regularidade.

O que você deve ter em mente é: siga o planejado.

Claro, no início, é necessário uma certa disciplina para manter o mesmo ritmo todos os dias. Mas, com o tempo, você estará tão habituado que nem precisará se esforçar para cair nos livros.

 

4. Procrastinação

ProcrastinaçãoA arte de “empurrar com a barriga”, deixar para o outro dia aquilo que você sabe que deveria fazer hoje. Esse tipo de comportamento está geralmente relacionado a falta de prioridades e é altamente prejudicial quando o assunto é estudar para o exame da OAB.

O que acontece muitas vezes é que o candidato olha a data da prova e percebe que faltam muitos meses para o exame, acaba se deixando levar por essa percepção de “tenho muito tempo para estudar” e, quando se dá conta, o tempo passou e não estudou da forma que deveria.

A melhor forma de evitar esse tipo de problema é equilibrando vida pessoal e Exame OAB, planejando de forma estruturada cada disciplina e seguindo à risca.

Candidatos têm o costume de só focar nos estudos depois de uma reprovação, algo que não recomendado. Não faça parte dessa estatística! Se procrastinação é um problema que você identifica em seus estudos e, mesmo tentando resolver sozinho, não conseguiu resolver, procure ajuda profissional.

Existem bons cursos preparatórios disponíveis no mercado, com orientadores que acompanham seus estudos e te ajudam com essa dificuldade.

 

5. Concentração

Concentração para estudarImagina que você está focado a quase 2 horas respondendo questões do exame da OAB e começa a se perder nos pensamentos ou fica  empacado em uma questão que não consegue definir a resposta. Isso é resultado da exaustão do seu cérebro que está trabalhando na capacidade máxima, mais tempo do que deveria.

Assim como alguém que vai para academia malhar e alterna entre o exercício e o descanso, com nosso cérebro o tratamento precisa ser exatamente o mesmo.

Existem algumas técnicas que podem ajudar a manter a concentração, vamos citar uma que se chama Pomodoro:

Pomodoro
A técnica consiste na ideia de que fluxos de trabalho divididos em blocos podem melhorar a agilidade do cérebro e estimular o foco.

Cada bloco, ou pomodoro, precisa ser cronometrado com o tempo de 25 minutos. Esse é o tempo em que você precisa se manter concentrado, realizando alguma tarefa sem interrupções. Após 25 minutos, você faz uma pausa de 5 minutos fazendo atividades diferentes que ajudem a relaxar. Após 4 blocos, ou pomodoros, você faz uma pausa mais longa de 30 minutos.

Esse é um resumo da técnica e, claro, você pode adaptar para o exame da OAB com o tempo apropriado para responder.

Para mais informações sobre a técnica Pomodoro, clique aqui.

 

6. Gestão de Tempo

gestão de tempo para estudarMuitos candidatos perdem a noção do tempo e depois precisam correr para preencher a folha de respostas, impactando drasticamente no resultado do exame.

Com o tempo contato para responder 80 questões, ter gestão do tempo é fundamental. Uma forma de mensurar o tempo e se preparar melhor, é realizando o simulado de provas anteriores do OAB de Primeira.

 

7. Auto sabotagem

auto sabotagemDeixar de estudar determinada disciplina por excesso de confiança pode ser a diferença entre ser aprovado ou reprovado no exame.

Não se deixe enganar, reserve um tempo no seu planejamento para as áreas em que se considera bom, reveja as matérias e comprove seu conhecimento refazendo provas anteriores.

 

 

8. Testar conhecimento

testar conhecimentoFazer as provas anteriores da OAB é uma boa maneira de estudar e colocar em prática seus conhecimentos. Realize simulados na mesmas condições em que faria a prova. Ou seja, com tempo limitado e sentado em uma cadeira.

Dessa forma, você também poderá conhecer como é estilo de provas que a FGV costuma aplicar. Conhecendo o estilo de perguntas da banca, você estará mais preparado para a prova real.

 

9. Controle emocional

controle emocional em exameO ideal é se conscientizar de que o nervosismo e a ansiedade são seus maiores inimigos e podem exercer uma grande influência negativa durante a prova. É muito comum ouvir relatos de candidatos que sabiam toda a matéria e tiveram ótimos resultados nos simulados antes do Exame, porém não conseguiram a aprovação. Portanto, a ordem é relaxar e manter a calma.

Nesses dias que antecedem a prova, procure canalizar a ansiedade praticando exercícios físicos e respeite os horários de sono. Além disso, tenha em mente que você se preparou adequadamente e pense positivo. Não deixe que a cobrança de amigos e familiares te prejudique.

 

10. Desistir

não desistirO último erro que um candidato pode cometer é desistir!
Sabemos que a reprovação pode abalar sua confiança e autoestima, mas, desistir depois de tantos esforços não irá resolver.

Entenda que reprovações e falhar servem como experiência e conhecimento. Ou seja, se você for reprovado, entenda quais foram os seus erros e foque em melhorar nos pontos com deficiências. Dessa forma você estará mais preparado para a próxima oportunidade.
Desistir jamais!

 

 


1 Comentário

  1. Muito importante as dicas.
    Disciplina e auto controle são de grande importância para o sucesso.

    Obrigado!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *