Emocionante história de superação – Com Ulisses Machado

/ 0 Comentários / 1198 Visualizações /

Avalie esse post

Por IOB Concursos Marcato

 

Hoje vamos apresentar a história de Ulisses Machado, estudante, 50 anos, que enfrentou vários problemas de saúde ao se preparar para o exame da OAB, mas por seu foco e persistência serem características muito fortes, ele não desistiu.

ulisses-machado-entrevista

IOB Concursos Marcato – Ulisses, quanto tempo você ficou estudando para o exame da OAB? Conte-nos um pouco de como foi no início.

Ulisses – Na primeira vez que prestei o exame da OAB, passei na primeira fase como qualquer outro, estudando bastante, mas quando passei para a segunda fase, não consegui concluir minha prova, sendo imediatamente reprovado. Foi então, que descobri que tinha uma doença chamada “Sindome de Irlen”, que afeta a capacidade de leitura e interpretação de texto.

Sendo esta a causa de minha reprova passei um ano em tratamento e no último exame, obtive novamente a aprovação na primeira fase. Por conta de meu problema, tive que utilizar uma lâmina de acetato sob a prova e tenho, em caráter especial, uma hora a mais para realizar o exame.

Devido ao meu problema, entendi que talvez pudesse ajudar outras pessoas e mães a descobrirem distúrbios e doenças em seus filhos, sendo assim, criei um projeto de lei que investiga problemas escolares na infância que já está sendo aplicado nas escolas da minha cidade, mas isso é uma outra história. (Risadas)

 

IOB Concursos Marcato – O que você considera mais importante para quem está se preparando para o exame?

Ulisses – Pra mim a primeira fase é sempre mais difícil do que a segunda, por relembrar coisas que aprendi no início da faculdade. Já na segunda fase, você costuma optar por um tema que se identifica e estuda algo mais direcionado. São menos matérias, então a segunda fase é fácil, na minha opinião.

O mais importante é ter o domínio do que está sendo pedido na prova. Isso porque descobri, por conta de minha doença, que não conseguia interpretar a pergunta e muitas vezes a resposta está no próprio enunciado.

 

            IOB Concursos Marcato – Porque optou por fazer um curso online?

Ulisses – Por questões de tempo, facilidade de horário… Eu sozinho, sem barulho ou interferências alheias. Consigo me concentrar melhor e o estudo on-line permite isso… As aulas de 15 minutos permitem uma concentração muito melhor.

 

IOB Concursos Marcato – Como conheceu o IOB Concursos?

Ulisses – Fiz várias pesquisas e nas demonstrações do IOB identifiquei-me com a metodologia. As aulas curtas ajudaram muito, pois te fazem memorizar melhor. O período de experimentação grátis foi muito importante em minha decisão pelo IOB Marcato.

 

IOB Concursos Marcato – Qual a coisa mais maluca que fez em prol do seu objetivo de passar na OAB?

Ulisses – Faço todos os dias! (Risadas). Estudo 12 horas por dia, não continuamente… Abro mão do esporte, lazer, enfim, tudo em prol de advogar.

Tenho 3 faculdades. Uma semana antes da prova vou para a casa dos pais me concentro totalmente nos estudos.

 

IOB Concursos Marcato – Do que mais sentiu falta por conta de seus estudos?

Ulisses – Não senti falta de nada, pelo fato de que o objetivo principal ser passar na OAB e acima de tudo, um desafio.

 

IOB Concursos Marcato – Você deixaria alguma mensagem ou dica para quem está se preparando para a OAB?

Ulisses – Cada pessoa tem uma determinada vocação, se você gosta da área (pois é uma área nobre), dedique-se de corpo e alma. Prestar por prestar é jogar dinheiro fora. Se você tem um sonho, corra atrás dele, vá a fundo, o que de melhor vai acontecer é o resultado, que vai compensar qualquer sacrifício.

 

Ulisses se declarou ser fã incondicional do professor Rogério Cury, pois vai prestar a segunda fase em Direito Penal e está otimista, além de ter uma história emocionante, tem um foco impressionante. Parabéns Ulisses!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *