Cão é ‘testemunha’ em audiência no TJ-RJ

/ 0 Comentários / 127 Visualizações /

Avalie esse post

Um fato curioso e histórico ocorreu no último dia 22, quarta-feira, no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Pela primeira vez na história do TJ-RJ, um cão foi levado como ‘testemunha’ em uma audiência do processo que decidiria a sua própria guarda, disputada entre duas famílias.

 

Uma professora, que não quis se identificar, era a dona do cachorro até entregá-lo aos cuidados da nutricionista Márcia do Espírito Santo por um período. Márcia, por sua vez, acabou se apegando ao animal, mudou o nome dele de Buddy para Lord e não quis mais devolver o cãozinho da raça yorkshire.

 

cachorro-audiencia-tjrj

Buddy, alvo de uma disputa judicial, fez sucesso nos corredores do TJRJ (Foto: Brunno Dantas / TJRJ)

 

A briga, então, foi parar na Justiça e Buddy/Lord acabou cara a cara com o juiz e com as duas famílias. Em meia hora de audiência, chegou-se a um acordo: Márcia abriu mão da guarda total do cãozinho, mas ganhou o direito de ficar com ele todos os sábados, das 10h às 17h.

 

“A gente fica com a saudade, mas eu quero o melhor pra ele. Ele antes de mais nada. Nessas horas, a gente tem que respeitar”, disse Márcia.

 

Nos corredores do tribunal, o yorkshire foi uma atração à parte. “Trabalho aqui há 7 anos e realmente foi uma surpresa. Todo mundo parou de trabalhar hoje pra ver. Todo mundo veio ver o que estava acontecendo porque tinha um cachorro no corredor”, disse um funcionário do Tribunal.

 

 

Com informações de G1 e TJ-RJ

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *