Fotos no Facebook denunciam funcionária com atestado falso

/ 0 Comentários / 251 Visualizações /

Avalie esse post

A funcionária de um hospital infantil, registrada no cargo de enfermeira, afirmou, entre outras queixas, ter sido demitida de forma injustificada pelo hospital. Porém, a 9ª Turma do TRT/RJ julgou sua ação improcedente, já que o reclamado provou que a reclamante havia apresentado atestado médico falso.

 

Segundo o processo, nos dias em que apresentou o atestado, a enfermeira encontrava-se em uma maratona no Rio de Janeiro. De acordo com o relator do processo, desembargador Ivan da Costa Alemão Ferreira: “Uma coisa é certa: a autora se encontrava em evento esportivo, conforme fotos apresentadas, certamente postadas pela própria na internet. Tais imagens convencem que ela estava bem disposta, e não doente com necessidade de 15 dias de afastamento”, completou.

 

Foram anexadas ao processo, pela empresa, fotos e comentários da empregada na rede social Facebook, que comprovaram que a mesma estava em um evento esportivo.

 

O argumento em que a enfermeira se apoiou, foi de que o hospital tomou nota do dia de sua saída como sendo 20 de agosto de 2011, mesmo apresentado atestado médico. Através deste, a mesma requereu a nulidade da justa causa apresentada, reafirmando a dispensa imotivada.

 

Em primeira instância, o juízo compreendeu que não houve prova suficiente de que a dispensa tenha sido motivada e anulou a justa causa. Desta forma as duas partes recorreram.

 

A empresa manteve sua posição de demissão por justa causa e a empregada exigiu o pagamento das horas extras, a manutenção de seu plano de saúde e pagamento de danos morais.

 

Por unanimidade a 9ª Turma negou o provimento do recurso à enfermeira e deu provimento à empresa.

 

 

Com informações de Âmbito Jurídico

Deixe seu Comentário