OAB criará departamento para violência contra advogados

OAB criará departamento para casos de violência contra advogados

/ 0 Comentários / 35 Visualizações /

Avalie esse post

Foi realizada, em Brasília, a reunião do Colégio de Presidentes de Seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil. Na oportunidade, o presidente da OAB Pará, Jarbas Vasconcelos, pediu a criação de um departamento de abrangência nacional e outro específico para cada seccional, com a função de monitorar, controlar e acompanhar casos de violência contra advogados.

 

A proposta do presidente da seccional foi aceita por unanimidade pelos demais colegas e será levada à deliberação na próxima sessão plenária do Conselho Federal da OAB, marcada para ocorrer no dia 15 de setembro.

 

Jarbas Vasconcelos, frisou em seu discurso, que dezenas de advogados foram assassinados nos últimos anos devido ao exercício da profissão. “Trata-se da nossa liberdade profissional em jogo, algo de mais valioso que temos. Nossa liberdade sofre mais ataques do que a dos jornalistas, por exemplo. O fato é que ser advogado se tornou a atividade profissional mais perigosa do mundo, e o que temos visto é uma impossibilidade de preservar direitos quando o universo avança no sentido contrário, do cerceamento às liberdades”, disse.

 

Apesar da existência de uma comissão nacional e uma procuradoria de defesa de prerrogativas, ainda há carência de estatísticas sobre casos de violência, segundo o presidente da seccional paraense. “Não temos um departamento que monitore estatisticamente todos os casos de violência contras as prerrogativas, inclusive assédio e, infelizmente, mortes. Não sei se alguma seccional consegue, mas hoje somos incapazes de responder certamente quanto aos casos de sequestros, assassinatos e outros crimes mês a mês, semana a semana”, completou.

 

 

Com informações de OAB

 

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *