2ª fase Exame OAB

Segundo a OAB, o Brasil vive o “ápice” de uma crise ética e institucional

/ 0 Comentários / 77 Visualizações /

Avalie esse post

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, declarou nesta segunda-feira (9) que o Brasil “está na UTI política” e solicitou à equipe da entidade um estudo imediato para avaliar entrar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão do deputado Waldir Maranhão (PP-MA), que anulou a sessão de votação do impeachment na Câmara.

 

De acordo com Lamachia, a OAB vê com extrema preocupação a decisão tomada pelo presidente interino da Câmara. “Esse tipo de ação atende a interesses momentâneos de alguns grupos políticos, mas ignora as decisões legítimas já tomadas. A OAB não aceita que, neste momento que a sociedade brasileira espera que a crise seja superada com respeito à Constituição, coloque-se em prática um vale-tudo à margem da Carta”, afirmou.

 

Para o presidente do Conselho Federal da OAB, o país vive o “ápice” de uma crise ética e institucional.

 

Em nota, a seccional paulista da Ordem também se manifestou contrária à decisão do deputado Waldir Maranhão, que “constitui um ato de menosprezo ao rito definido pelo STF e ao voto de 367 parlamentares que se declararam favoráveis ao impeachment”.

 

“Nesse momento de tensão política e social, cabe às autoridades públicas manter o bom senso sob a égide do Estado Democrático de Direito“, afirma a entidade.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *