2ª fase Exame OAB

XXI Exame da OAB: edital publicado e inscrições abertas!

/ 0 Comentários / 3164 Visualizações /

Avalie esse post

A corrida pela aprovação na OAB começou! O edital de abertura do XXI Exame de Ordem foi publicado nesta segunda-feira, 26, e as inscrições podem ser feitas exclusivamente junto ao site da FGV até o dia 10 de outubro. A taxa é de R$ 240,00.

 

De acordo com o cronograma geral, a prova da 1ª fase deve ser aplicada no dia 27 de novembro.

 

cronograma

 

IMPORTANTE! Neste XXI Exame da OAB, será cobrado o Novo Código de Ética, que entrou em vigor no dia 1º de setembro, além do Novo Código de Processo Civil. Vale lembrar que a disciplina de Ética é um dos temas de maior peso, representando, em média, 10 questões na prova.

 

Sempre recomendamos que o candidato leia o edital de abertura com muita atenção, para que não fique nenhuma dúvida sobre o processo de inscrição, aplicação e correção das provas, conteúdo programático de cada disciplina e o que é permitido e proibido.

 

Datas XXI Exame de Ordem

Publicação do Edital: 26/09

Período de Inscrições: 26/09 a 10/10

Prova 1ª fase: 27/11

Prova 2ª fase: 22/01/2017

 

Com menos de 2 meses para a aplicação da 1ª fase, o IOB Concursos tem os melhores cursos preparatórios para você! O Intensivão OAB tem duração de 2 meses e condições de pagamento que cabem no seu bolso. Já o Extensivo para o XXI Exame – EBRADI oferece 240 horas de conteúdo atualizado! Conheça todos os cursos online para OAB.

 

 

Acesse o Edital de Abertura

Faça sua inscrição para o XXI Exame (a partir das 19h do dia 26/09)

 

 

Sobre o reaproveitamento

O candidato que, eventualmente, for reprovado na 2ª fase do XX Exame, – o resultado preliminar sai no dia 11 de outubro – e precisar utilizar o recurso de reaproveitamento da 1ª fase, deve aguardar o edital complementar que será publicado no dia 11 de outubro.

 

 

A aprovação no Exame de Ordem Unificado é requisito necessário para inscrição nos quadros da OAB como advogado, conforme estabelece o artigo 8º, IV, da Lei 8.906/1994, e pode ser prestado por bacharel em Direito, ainda que pendente apenas a sua colação de grau, formado em instituição regularmente credenciada.

 

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *